voltar
Off-Road

Movido a velocidade, Rubens Barrichello encara “maratona” de corridas “com emoção”

Piloto da Mobil ALE Full Time Sports está animado para voltar a correr em Curitiba, palco de mais duas etapas e três corridas da Stock Car


03 Nov 2020 news

Depois da ausência em 2019, a Stock Car está de volta ao autódromo internacional de Curitiba, em Pinhais. A pista paranaense de 3.695 metros receberá duas etapas e o total de três corridas da principal categoria do automobilismo nacional neste final de semana (7 e 8).

O circuito é um dos poucos onde Rubens Barrichello, da equipe Mobil ALE Full Time Sports, ainda não venceu na Stock Car. No entanto, foi na pista paranaense que o piloto viveu uma de suas maiores emoções na categoria, quando se sagrou campeão em 2014.

Barrichello ainda tem duas poles em Curitiba (2014 e 2018) e já foi quatro vezes ao pódio no circuito (três segundos lugares – 2014, 2015 e 2016 – e um terceiro lugar em 2014).

As atividades para a oitava e a nona etapa da Stock Car terão início com treinos livres na sexta-feira (6). No sábado, acontece o classificatório (9 horas) e a disputa da 8ª etapa em corrida única, a partir das 11 horas. No domingo, a definição do grid também será às 9 horas, com as duas corridas a partir das 11 horas. O SporTV 2 transmitirá os classificatórios e corridas ao vivo.

Barrichello está em quarto lugar no campeonato 2020 e já tem dois pódios este ano, sendo uma vitória. O piloto vem de uma maratona intensa de corridas na Stock Car, Super TC 2000 e, nesta semana, ainda disputa o Rali dos Sertões. Em Curitiba, terá o nono fim de semana seguido de provas e serão todos assim até 13 de dezembro, data da etapa final da Stock Car em Interlagos (SP).

“Estou vivendo um momento muito especial, com uma maratona intensa de corridas. E estou muito feliz por poder voltar a Curitiba, um local onde já fui muito feliz, onde me sagrei campeão da Stock Car em 2014”, lembrou o piloto do Corolla #111, que sempre correu pela equipe Full Time desde sua estreia na Stock Car.

“E agora vamos poder disputar três corridas de uma vez. O pior momento de um fim de semana de corridas pra mim, no meu motorhome, é quando começa a chegar no final e eu já fico sofrendo, porque está acabando. Curto tanto, gosto tanto de correr e isso faz com que eu vá pra todas as corridas com muita emoção”, finalizou o piloto de 48 anos, que segue correndo com o fôlego e a competitividade de um garoto.

Confira a programação para as etapas em Curitiba:

Sexta-feira, dia 6
8h00 às 8h10 – Shakedown
9h05 às 10h15 – 1º Treino Livre
12h25 às 13h35 – 2º Treino Livre
14h30 às 15h00 – Treino de Rookie

Sábado, dia 7
8h30 às 8h45 – Treino Extra
9h00 às 9h35 – Classificatório 8ª etapa
11h00 – Largada 8ª etapa (40 minutos + 1 volta)

Domingo, dia 8
8h30 às 8h45 – Treino Extra
9h00 às 9h35 – Classificatório 9ª etapa / Corrida 1
11h00 – Largada 9ª etapa / Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)
11h55 – Largada 9ª etapa / Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)

Classificação do campeonato após sete etapas:
1º – Cesar Ramos – 172 pontos
2º – Ricardo Zonta – 158
3º – Ricardo Maurício – 154
4º – Rubens Barrichello – 149
5º – Thiago Camilo – 148
6º – Gabriel Casagrande – 133
7º – Daniel Serra – 131
8º – Allam Khodair – 131
9º – Átila Abreu – 128
10º – Rafael Suzuki – 119
11º – Nelsinho Piquet – 118
12º – Bruno Baptista – 106
13º – Diego Nunes – 102
14º – Julio Campos – 100
15º – Cacá Bueno – 82
16º – Guilherme Salas – 82
17º – Denis Navarro – 80
18º – Matías Rossi – 78
19º – Lucas Foresti – 68
20º – Galid Osman – 68
21º – Gaetano di Mauro – 52
22º – Marcos Gomes – 48
23º – Pedro Cardoso – 38
24º – Tuca Antoniazi – 27
25º – Vitor Genz – 11
26º – Vitor Baptista – 8