voltar
Rally

Bowen vai estar presente no Rally de Rio Negrinho/SC

Empresa do setor químico e petroquímico disponibilizará álcool 70 para envolvidos no evento, como organizadores e competidores


24 Out 2020 news

A Bowen, startup no mercado químico e petroquímico vai estar presente na terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade. O evento acontecerá no próximo final de semana, entre os dias 24 e 25, na cidade catarinense de Rio Negrinho.

Através de uma parceria com a organização, a Bowen vai disponibilizar álcool 70% para higienização, auxiliando na prevenção a pandemia do Covid-19. A etapa em SC estará balizada em uma série de protocolos sanitários, entre eles o uso de álcool para competidores, organizadores, profissionais de imprensa e entre outros.

O presidente da Bowen, Paulo Freitas, salienta que dentro desta nova realidade pós pandemia, ou segunda onda ou ainda, novo normal, “acreditamos que alguns dos novos hábitos vieram para ficar, ou pelo menos deveriam ficar. Entre estes, a higienização das mãos, superfícies, objetos é um dos hábitos que imaginamos permanentes”. “Além do que, através do uso de álcool 70, este processo de higienização é muito simples e prático. Esperamos difundir a marca Bowen e o nosso álcool 70 para multiplicadores de opinião dentro de um ambiente esportivo que concentra alta tecnologia, técnica e precisão – o que tem tudo a ver como nosso produto”, destaca o dirigente.

A Bowen também vai estar na prova levando sua marca no Peugeot 207 de Rally, da dupla paulista Fabiano Botelho e Bruno Scarpelli, que anda na competição nacional na categoria mais forte dos carros de tração 4×2, a Rally 4. “Acreditamos muito no esporte como agente de desenvolvimento pessoal e inclusão social. Temos planos de seguir investindo em outras modalidades. Um dos principais critérios para o investimento, tanto para a Bowen como para qualquer outra empresa, é o profissionalismo e a seriedade do projeto, combinação encontrada com o piloto Fabiano Botelho”, aponta o presidente da startup.

A Bowen

Paulo Freitas explica que a Bowen é uma startup que atua no mercado químico e petroquímico, fundada há cinco anos. “Desde então, vem apresentando crescimento anual significativo, mais que dobrando seu volume de vendas anualmente. A partir do seu início, a Bowen foi sendo construída para atuar nos três segmentos principais da indústria química: o industrial, o agronegócio e o segmento farmacêutico. Embora ainda não tenhamos desenvolvido o segmento de saúde humana, seguimos crescendo nos segmentos industrial e no agronegócio”, enfatiza.

De acordo com o presidente, a ideia sempre foi balancear os negócios entre os distintos segmentos, para garantir um fluxo de caixa crescente e estável. “Neste ano de 2020, o ano da pandemia, esta estratégia se revelou correta. O mercado industrial simplesmente parou em março e abril; concentramos os esforços no mercado agro e triplicamos as vendas neste segmento. Entendendo a demanda do mercado, lançamos o produto “álcool 70” em apenas 45 dias, incluindo o desenvolvimento de embalagem, linha de produção e envase, e soluções logísticas. Como todos os negócios, também sofremos reveses ao longo do ano, mas seguimos em frente com criatividade, adaptação e muito, muito trabalho”, pontua.

Freitas ainda cita mensagem que a Bowen tenta passar ao empresariado e para o público frente as estes tempos de grandes mudanças no estilo de vida e empresarial. “Se resumíssemos esta mensagem a apenas uma palavra, esta seria “flexibilidade”. O mundo está mudado neste momento, com certeza, mas nem sabemos exatamente como estas mudanças vão se consolidar ou se desenvolverem. Entendemos como importante manter a constante avaliação e análise dos cenários, a adoção de medidas para a adaptação dos modelos de negócios a estes novos cenários, e a contínua reavaliação destas medidas”, acrescenta.

De acordo com Freitas, estas mudanças vem em uma nova velocidade. “muito maior do aquela com a qual vivíamos antes da pandemia”. “Além disto, temos que aumentar o diálogo como todos os stakeholders; temos que compreender melhor as necessidades dos clientes, fornecedores, colaboradores e da sociedade na qual estamos todos inclusos. A flexibilidade para lidar com as readaptações, o estímulo à criatividade exigida para lidar com esta novas situações, e a empatia necessária para lidar com todas as partes interessadas, tanto no ambiente profissional como no pessoal, formam em nossa opinião, o conjunto de atitudes que poderá definirá um futuro melhor para todos, no mundo pós pandemia”, completa o presidente da Bowen.

50510777222_56d6447cde_c

Na internet

O Rally de Rio Negrinho poderá ser acompanhado através de transmissão online que será feita pelo site oficial do Campeonato Brasileiro, www.rallybr.com.br.

O Rally de Rio Negrinho

A cidade de Rio Negrinho entrou no calendário do Brasileiro de Rali de Velocidade em 2018. Esta será a terceira edição do evento. A prova será composta por cinco especiais no sábado, dia 24, e outras 5 no domingo.

Ao todo, serão mais de 150 quilômetros de trechos cronometrados em estradas de terra pelo interior de Rio Negrinho e São Bento do Sul, ambas cidades localizadas na região do Planalto Norte de SC.

Serviço de prova

Rally de Rio Negrinho 2020

O que: prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade

Quando: dias 24 e 25 de outubro

Onde: Rio Negrinho – SC

Cobertura online: www.rallyrionegrinho.com.br

Pré-prova: acompanhe as principais informações pelo Facebook nas páginas @rallybroficial, @newsracer. Pelo Instagram, acesse @rallybroficial, @newsracer. Na internet, acesse www.rallyrionegrinho.com.brwww.rallybr.com.brwww.newsracer.com.br

Programação de corrida:

Sábado, dia 24

9h38 – SS Rio Antinha 1

10h16 – SS Pinheirinho 1

10h49 – SS Rio Antinha 2

13h42 – SS Rio Antinha 3

14h20 – SS Pinheirinho 2

Domingo, dia 25

9h23 – SS São Pedro 1

9h56 – SS Ri dos Bugres 1

12h39 – SS São Pedro 2

13h12 – SS Rio do Bugres 2

13h55 – SS São Pedro 3