voltar
bannernewsracer
Off-Road / Rally dos Sertões

Tricampeões, Cristian Baumgart e Beco Andreotti conquistam feito inédito no Rally dos Sertões

Dupla do X Rally Team confirmou neste sábado (25) o terceiro título consecutivo na categoria carros; equipe mostra força ao fechar competição com dobradinha dos Ford Rangers e também com título na classe T1 Brasil


27 Ago 2018 344890_819823_303_rs18_magnustorquato_061687 newsBANNER1

Pela terceira vez consecutiva, mecânicos e membros da equipe X Rally Team comemoraram um título do Rally dos Sertões. A honra, mais uma vez, coube a Cristian Baumgart e Beco Andreotti, que com o tricampeonato celebram um feito inédito em 26 anos de história do principal rali brasileiro: nunca uma dupla havia conquistado três títulos seguidos na categoria carros.

A edição de 2018 confirmou a eficiência, durabilidade e velocidade dos Ford Rangers V8 4×4 construídos em Pietemaritzburg, na África do Sul, e em São Paulo.

Desta vez, a alegria dentro do time foi ainda maior: no geral, a equipe fechou com dobradinha, uma vez que Sylvio de Barros e Rafael Capoani completaram a prova com o segundo lugar, após sete dias de muita disputa entre as duas duplas. Marcos Baumgart e Kleber Cincea terminaram a prova em terceiro na classe T1 FIA – quinto na geral.

344890_819809_301_rs18_victoreleuterio_060294_2

A chegada aconteceu na noite de sábado, depois de 200 quilômetros de especial entre Juazeiro do Norte e a capital cearense, com deslocamentos que somaram 654 quilômetros para a recepção do público na Praia da Iracema, onde os pilotos ainda deram um show aos presentes com um circuito na areia antes de subirem à rampa dos campeões.

No último dia de competição, a equipe X Rally Team ainda teve mais motivos para comemorar: o sul-africano Gareth Woolridge, que fez sua estreia internacional em ralis correndo o Sertões ao lado de Marcelo Haseyama, comemorou o título da nova categoria T1 FIA Brasil. O filho de Neil Woolridge venceu uma especial no geral e fez mais dois segundos lugares no decorrer dos sete dias de prova. Gunter Hinkelmann e Fábio Pedroso terminaram em terceiro na categoria.

344890_819824_301_rs18_victoreleuterio_071513

Para a equipe X Rally Team, o quinto ano de parceria com a Neil Woolridge Motorsports foi de grandes desafios: o gerenciamento de cinco carros de competição, além da construção, no Brasil, de dois protótipos da Ford Ranger V8 4×4 para a classse T1 FIA Brasil, o time alcançou seus objetivos ao confirmar o título geral com dobradinha e também na nova categoria dos carros.

O que disse a dupla campeã do Rally dos Sertões:
Cristian Baumgart, piloto:
“Foi uma edição duríssima, já esperada. Esta última etapa foi ainda mais difícil do que imaginávamos. Mesmo com uma liderança de 11 minutos, tivemos de poupar o carro e trazer para o final. Acabou dando tudo certo, os carros estão cada vez mais rápidos e confiáveis e a equipe está de parabéns”

344890_819811_301_rs18_victoreleuterio_071529

Beco Andreotti, navegador e chefe da equipe: “Todo mundo dentro do time trabalhou muito bem; viraram noites, dormiram pouquíssimas horas nestes sete dias de competição. Nem nos melhores sonhos eu imaginaria que seríamos tricampeões de maneira consecutiva e realmente conseguir essa marca histórica. Vamos continuar trabalhando e fazer a equipe crescer, trazer mais clientes e mais amigos para correr com a gente”.

344890_819806_301_303_rs18_victoreleuterio_071571

Resultado do sétimo dia (X Rally Team):
JUAZEIRO DO NORTE (CE) – FORTALEZA (CE)
1. 315 Sylvio de Barros/Rafael Capoani (Ford Ranger) – 2:46:55
2. 319 Gareth Woolridge/Marcelo Haseyama (Ford Ranger) – 2:47:37
3. 303 Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Ford Ranger) – 2:49:37
4. 301 Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Ford Ranger) – 2:50:47
10. 348 Gunter Hinkelmann/Fábio Pedroso (Ford Ranger) – 3:07:08

Geral acumulado entre os carros (X Rally Team):
Classe T1 FIA
1. Cristian Baumgart/Beco Andreotti – 21:51:31
2. Sylvio de Barros/Rafael Capoani – a 7:58
3. Marcos Baumgart/Kleber Cincea – a 2:06:29
Classe T1 BRASIL
1. Gareth Woolridge/Marcelo Haseyama – a 28:47:06
3. Gunter Hinkelmann/Fábio Pedroso – a 2:41:41