voltar
bannernewsracer
Off-Road

SFI CHIPS vence Rally RN1500 nos UTVs, com Denísio Nascimento/Idali Bosse


17 Set 2020 383131_946895_deni_nascimento_sanderson_pereira_web_ newsBANNER1

O tradicional Rally RN1500, disputado durante quatro dias entre o interior e sertão da Paraíba do Rio Grande do Norte, terminou no último domingo (13), em Mossoró (RN). Foram 986 quilômetros, sendo 764 de trechos cronometrados (Especiais), que testaram técnicas de pilotagem, navegação apurada e desempenho das máquinas. E potência é o que não faltou aos UTVs e carros com as soluções de alto desempenho da SFI CHIPS. A dupla catarinense Denísio Nascimento/Idali Bosse (Bompack Racing) faturou o bicampeonato nos UTVs e saiu do rali potiguar como Campeã da edição 2020.

“Realmente foi a edição mais dura que já corri do RN, desde a época das motos e achei o rali fantástico! Voltou a ser uma prova de Rally Cross Country, que exigiu muito do desempenho do nosso X3”, afirma Nascimento (Brusque/SC) que conquistou o primeiro título nos UTVs em 2018, também ao lado de Bosse, mas antes já havia sido duas vezes campeão nas motos. “O UTV está passando por alguns ajustes para obter um melhor desempenho para o Sertões e graças a Deus conseguimos buscar a vitória e confirmar o bicampeonato no RN”, completa o Campeão do Sertões 2019 nos UTVs (Can-Am Maverick X3).

E a 22ª edição, disputada entre 10 e 13/9, não deu moleza aos competidores com quatro Especiais repletas de trechos travados, muitas pedras, piso arenoso, serra, trechos sinuosos, trial, erosões e alguns trechos de alta e confirmou ser uma das provas mais técnicas e com variações de terrenos do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

A dupla gaúcha da equipe SFI CHIPS Madcat, Roberto Keller/Marcelo Ritter venceu na categoria UTV2 e, ainda, fechou o rali entre os Top5 mais rápidos da geral, na 4ª posição do grid composto por 42 UTVs. “Foi uma prova muito dura, com muita pedra, serrinhas, trechos travados, tivemos todo tipo de obstáculo pela frente, um grande rali. Nosso UTV Can-Am se comportou muito bem, não tivemos nenhum problema mecânico, apenas, dois pneus furados”, destaca Keller, piloto de Santa Cruz do Sul (RS). “Foi um rali de gente grande e um grande teste para o Sertões, tanto para o equipamento quanto para piloto e navegador”, completa Ritter. Em 2019, a dupla foi campeã na Super Production (UTV3) e, neste ano, mudaram para a UTV2 e também conquistaram o título.

Nos carros, a SFI CHIPs Rally Team, com Paulo Goes/Humberto Ribeiro finalizou o rali em 3º na Pró Brasil. “Foi uma das melhores provas que já corri. Valeu como teste para o Sertões, estamos acertando o carro e tivemos alguns problemas com a suspensão, normais para uma prova deste nível técnico. Agora vamos estudar novas soluções”, explica o piloto de Joinville (SC), Goes, que compete com uma Mitsubishi Triton Sport RS.

“É gratificante ver nossos parceiros e clientes conquistando títulos em uma prova que tem mais de duas décadas de tradição como o RN1500, com um roteiro do mais puro Cross Country, que exige muito da potência e do torque das máquinas. Agora todos estão com foco no Sertões, que acontece em outubro”, destaca Marcio Medina, diretor da SFI CHIPS.

Os campeões do 22º RN1500 foram:  Nas Motos – Tunico Maciel (MT1) nos UTVs – Denísio Nascimento/Idali Bosse (UT1) e nos Carros – Carlos Ambrósio/Cadu Sachs (OP).

Sobre a empresa – A SFI CHIPS trabalha com desenvolvimento tecnológico focado em soluções customizadas, também conhecidas como chip de potência, reprogramação de ECU ou chiptuning. Com 12 anos de atuação no mercado, tornou-se referência em desenvolvimento de reprogramações de alto desempenho, sobretudo no segmento 4X4, tanto que, por meio de seus clientes, já conquistou 16 títulos no Rally dos Sertões, em categorias diversas. Há três anos trabalha em parceria com Spinelli Racing e Mitsubishi Motors, que lançaram em 2019 o modelo L200 Triton Sport R. A empresa, com sede na capital paulista, atua nas linhas automotiva, pesada, agrícola e náutica e possui mais de 50 agentes autorizados em todo o país. Grande incentivadora do esporte, a empresa patrocina e apoia pilotos, equipes, campeonatos e provas nacionais no Rally Cross Country, no Rally de Regularidade e, a partir de 2020 está na Copa Truck e é patrocinadora oficial do Sertões/Regularidade, a maior prova off-road do Brasil. Mais informações www.sfichips.com.br, Facebook: @sfichips e Instagram: @sfichips

Resultados finais – 22º Rally RN1500 (após 4 etapas)

Categoria UTV (10 primeiros)
1) Denísio Nascimento/Idali Bosse (UT1/Can-Am Maverick X3) 11:17:34 (SFI CHIPS)
2) Neto Valentim/Breno Rezende (UT1/Can-Am Maverick X3) 11:22:08

3) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (UOP/Can-Am Maverick X3) 11:33:36
4) Roberto Keller/Marcelo Ritter (UT2/Can-Am Maverick X3) 11:36:05 (SFI CHIPS)
5) Leonardo Beleza/Aníbal Feijó (UT2/POLARIS RZR PRO XP) 11:36:50

6) Rodrigo Varela/Gunar Dums (UT1/Can-Am Maverick X3) 11:39:09
7) Marcelo Tomasoni/Luís Felipe Eckel (UOV/ Can-Am Maverick X3) 11:39:23
8) Riamburgo Ximenes/Flávio França (UOP/Can-Am Maverick X3), 11:42:33
9) Cristiano Batista/Robledo NIcolleti (UOP/Can-Am Maverick X3) 11:43:20
10) George Ximenes/Wellington Rezende(UT1/Can-Am Maverick X3), 11:47:32

Categoria Pró Brasil/ Carros
1) Dan Rocha Nacif/Leonardo Magalhaes (SHERPA) 11:33:22
2) Marco Tulio Lana/Erick Rocha (MITSUBISHI TRITON EVO) 12:00:23
3) Paulo Goes/Humberto Ribeiro (MITSUBISHI TRITON RS) 23:11:53 (SFI CHIPS)