voltar
bannernewsracer
Off-Road / Rally dos Sertões

Sertões: Irmãos Baumgart fazem a dobradinha na penúltima etapa

Foi a quarta vitória da dupla formada por Cristian Baumgart e Beco Andreotti nesta edição do rali. Foram 603 quilômetros entre São Raimundo Nonato (PI) e Juazeiro do Norte (CE). Ainda restam 655 km para a chegada em Fortaleza


25 Ago 2018 344841_819604_301_rs18_gustavoepifanio_061353 newsBANNER1

O penúltimo dia de competição no Rally dos Sertões teve, mais uma vez, a equipe X Rally Team na frente com a Ford Ranger V8 4×4. Agora, veio com dobradinha dos irmãos Baumgart, com o bicampeão e atual líder geral Cristian vencendo sua quarta especial deste Sertões ao lado de Beco Andreotti, e Marcos Baumgart/Kleber Cincea em segundo.

Pilotos e navegadores encararam nesta sexta-feira (24) um total de 603 quilômetros entre São Raimundo Nonato (PI) e Juazeiro do Norte (CE), com uma especial técnica e muito difícil, na opinião dos competidores, de 226 quilômetros.

“Hoje foi o dia que eu mais curti o Sertões. Uma especial completa, com tudo o que tem direito: areia, trechos técnicos e sinuosos, pedras, longos saltos… Foi um dia para acelerar muito sem deixar de pensar no último dia amanhã”, apontou Cristian.

Marcos concorda com a opinião de seu irmão, mas revela ter levado alguns sustos. “A parte cronometrada foi muito boa e viemos num ritmo bem forte. Teve um momento, depois de uma depressão, em que o carro deu um salto meio esquisito e ali eu achei que íamos capotar. Felizmente, o carro caiu reto e não houve mais nenhum tipo de problema”, contou o piloto do Ford Ranger V8 4×4 número 303.

Segundo na classificação geral do rali, Sylvio de Barros foi o quarto colocado do dia ao lado de Rafael Capoani. A dupla, que também defende o X Rally Team, tenta agora tirar uma diferença de pouco mais de 11 minutos para os líderes Baumgart e Andreotti.

Gareth Woolridge e Marcelo Haseyama se recuperaram bem do abandono na etapa anterior e completaram o dia na nona posição. Gunter Hinklemann e Fábio Pedroso fizeram uma prova de recuperação: ficaram presos em uma erosão por cerca de 30 minutos, e quando retornaram à prova, ultrapassaram 18 carros. A dupla do Ford Ranger #348 ficou em terceiro na classe T1 Brasil.

O sábado é o dia final do Rally dos Sertões 2018. A caravana parte de Juazeiro do Norte rumo à capital Fortaleza. Serão 654 quilômetros até a linha de chegada, com 200 de especial.

Resultado do sexto dia (X Rally Team):
SÃO RAIMUNDO NONATO (PI) – JUAZEIRO DO NORTE (CE)
Classe T1 FIA
1. 301 Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Ford Ranger) – 2:31:52
2. 303 Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Ford Ranger) – 2:33:03
4. 315 Sylvio de Barros/Rafael Capoani (Ford Ranger) – 2:35:29
Classe T1 BRASIL
2. 319 Gareth Woolridge/Marcelo Haseyama (Ford Ranger) – 2:43:01
3. 348 Gunter Hinkelmann/Fábio Pedroso (Ford Ranger) – 3:26:10

Geral acumulado entre os carros (X Rally Team):
Classe T1 FIA
1. Cristian Baumgart/Beco Andreotti – 19:00:44
2. Sylvio de Barros/Rafael Capoani – a 11:49
3. Marcos Baumgart/Kleber Cincea – a 2:07:39
Classe T1 BRASIL
2. Gareth Woolridge/Marcelo Haseyama – a 5:17:05
3. Gunter Hinkelmann/Fábio Pedroso – a 7:39:15

A sétima e última etapa do Rally dos Sertões 2018:
JUAZEIRO DO NORTE (CE) – FORTALEZA (CE)

25/08 – Sábado
DI: 166 km
Especial: 200 km
DF: 288 km
Total: 654 km

Total de Especiais: 2.043 km (56% da prova)
Total de Prova: 3.607 km