voltar
Kart

Seletiva de Kart Petrobras: Correndo em casa, Sérgio Crispim começa na frente na briga pela vaga

12 Out 2017
kart petrobras 2 (1)

O paraibano Sérgio Crispim, de 17 anos, fez valer nesta quinta-feira (dia 12) a vantagem de correr em casa e foi o melhor entre os pilotos que disputam as três últimas vagas para a final da 19a edição da Seletiva de Kart Petrobras. A disputa acontece dentro da Copa Brasil de Kart, no kartódromo Paladino Internacional, em João Pessoa, na Paraíba.

Após dois dias de treinos livres, na terça e quarta-feira (10 e 11), nesta quinta os pilotos participaram da tomada de tempos e Gabriel Paturle, já classificado para a final da Seletiva 2017, fez a pole position da categoria Graduados. Lucas Nogueira largou em segundo e Crispim, em terceiro.

Na disputa da primeira bateria, Crispim largou bem, imprimiu bom ritmo e chegou a liderar grande parte da prova, mas acabou superado pelo experiente André Nicastro, que venceu a corrida, mas não tem mais idade para disputar a Seletiva (apenas pilotos entre 15 e 18 anos, que não tenham sido campeões em outras edições, podem concorrer às vagas).

Paturle terminou a bateria em terceiro e João Rosate, que também briga pela vaga da Seletiva, foi o quarto. Nesta sexta-feira (13), às 8h40, os pilotos participam da segunda bateria classificatória, valendo como grid a ordem de chegada na prova desta quinta. Nas duas corridas, os pilotos somarão pontos que determinarão o grid da grande final no sábado (14), a partir das 10h15.

“Foi um resultado muito bom. Fui o primeiro na briga pela vaga da Seletiva e isso dá um ânimo a mais para seguir em frente. Enquanto estava na disputa, pensei o tempo todo no título da Copa Brasil, mas também na vaga. Amanhã, largo em segundo e vou pra cima para ganhar”, destacou Crispim, que já foi finalista da Seletiva em 2015.

O piloto também comentou sobre a estratégia com os pneus. Os concorrentes terão o mesmo jogo para as duas baterias classificatórias e a final. Com o forte calor na Paraíba, poupar o equipamento e os pneus será um desafio a mais para os pilotos, mas Crispim se mostra animado.

“Meu kart tem mostrado um bom ritmo com pneus usados. Então estou confiante. Acho que vamos conseguir lidar bem com isso”, completou.

kart petrobras 2 (2)

Nove das 12 vagas da final da Seletiva de Kart Petrobras 2017 já estão preenchidas. Já estão classificados os gaúchos Pedro Goulart e Arthur Leist, o paranaense Edgar Bueno Neto, os mineiros Gabriel Paturle e Lucas Grosskopf, os brasilienses Lucas Okada e Enzo Elias e os paulistas Murilo Coletta e Vinícius Ponce.

A grande final da Seletiva acontecerá nos dias 31 de outubro e 1º de novembro no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP).

Resultado da 1a Bateria Classificatória em Paladino:
1) 28-Andre Nicastro (FADF),
2) 21-Sérgio R. S. Crispim Filho (FAEP), a 0.674
3) 80-Gabriel Paturle (FMA), a 5.782
4) 58-Joao Rosate (FAUGO), a 9.643
5) 112-Edgar Bueno Neto (FASP), a 13.911
6) 9-Pedro H. S. Gurgacz (FPRA), a 15.447
7) 8-Ricardo Y. K. de Medeiros (FADF), a 15.728
8) 88-Marco Antonio Raimundo (FAUGO), a 17.033

Pilotos já classificados para a final (nove das 12 vagas):

Pedro Goulart (RS)

Edgar Bueno Neto (PR)

Arthur Leist (RS)

Gabriel Paturle (MG)

Lucas Grosskopf (MG)

Lucas Okada (DF)

Murilo Coletta (SP)

Vinícius Ponce (SP)

Enzo Elias (DF)

Seletiva de Kart Petrobras – Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras, a Seletiva tem, em média, aproximadamente 110 pilotos tentando a vaga na final. Em 18 anos, mais de 200 já estiveram na briga pelo título na grande final.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contempla três competidores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com monoposto de base também na Europa, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training.

A premiação total – somando todas as ações – chega a aproximadamente 350 mil reais. O campeão recebe 85 mil reais em dinheiro e o vice-campeão 8 mil.

Os finalistas disputam o título com chassis fornecidos pela fabricante Bravar.

bannernewsracer

Parceiros

  • prime
  • astrus