voltar
bannernewsracer
Rally

Quebra mecânica impede paranaenses de lutar por vitória no Brasileiro de Rally

Time de Cascavel lamenta problema, mas mantém expectativa positiva para o restante da temporada


03 Jun 2019 IMG_1860 newsBANNER1

Um rally para esquecer. Mais ou menos é isso que pensa a dupla de Cascavel, Sandro Suptitz e Eduardo Ortolan sobre a etapa de Erechim, realizada neste final de semana e que apresentou uma série de problemas à dupla da equipe Cascavel Rally. A corrida por si só já era dura demais, com especiais extremamente lisas, na maior parte do trecho, após as fortes chuvas que atingiram a região gaúcha até a última quinta-feira.

Em vários pontos havia água ainda neste domingo. Suptitz e Ortolan tentaram superar problemas mecânicos no VW Gol no sábado e domingo, dias 1º e 2. Porém não foi possível concluir a prova, após mais uma quebra neste domingo. “Não foi um rally dos melhores. Até começamos bem neste domingo, mas na largada da segunda especial, o carro não funcionou por algum motivo que não foi possível identificar a tempo de seguirmos na disputa. Mas temos que agradecer a todos que nos apoiaram em estar em Erechim mais uma vez e quem sabe em 2020 a gente volta para um resultado positivo. Sobre o campeonato Brasileiro, ainda há muita coisa por acontecer e vamos seguir na briga”, explica o navegador Eduardo Ortolan.

Credito_LucasRonsino (5)

Agora a equipe tenta identificar e sanar os problemas no VW Gol já projetando a próxima etapa dos campeonatos Brasileiro e Gaúcho, ambas no mês de julho.

IMG_1869-2

Supitz e Ortolan competem com o patrocínio da Beux, Jangal, Auto Posto Texas, CIA Turismo, Moinho Rio Azul, Bar do Didi, Rei do Pão, Ótica Curitiba, Mizuno, Auto Escola Senna e TireShop.