voltar
bannernewsracer
Off-Road / Rally Dakar

Piloto português morre após queda de moto no Rally Dakar


12 Jan 2020 images (3) newsBANNER1

A especial (trecho cronometrado em alta velocidade) deste domingo teve 546 km. Foi a mais longa do Dakar 2020 – e também a que apresentou a maior variedade de desafios. O total do dia, incluindo deslocamento, foi de 741 km entre Riyadh (Riad) até Wadi Al-Dawasir. E foi marcada pela tragédia: o piloto português Paulo Gonçalves, de 40 anos, faleceu depois de sofrer um acidente de moto no deserto quando havia percorrido 276 da especial.

“O Paulo era nosso amigo e o que aconteceu hoje deixou a todos que o conheciam muito abatidos”, diz Reinaldo Varela. “Ele era um piloto experiente, querido e respeitado, com mais de dez participações. Ele encarnava o espírito do Dakar. E era também competitivo – foi vice-campeão do Dakar em 2015 e campeão mundial de Rally Cross-Country de 2013. Foi uma perda terrível”, completa Varela. 

O piloto português foi a 29ª vítima em 42 anos de Dakar. A mais recente fatalidade havia sido a do piloto de moto canadense Michal Hernik, em 2015, na Argentina. Devido ao acidente de Gonçalves, a participação das motos quadriciclos na etapa desta segunda-feira foi cancelada em sinal de luto, em decisão conjunta dos competidores e organização.