voltar
Fórmula 1

Interlagos faz últimos ajustes antes da largada da F1

10 Nov 2017
23244469_1553774298025800_7498660485553798439_n

As equipes médica e esportiva estão prontas para o Formula 1 Grande Prêmio Heineken do Brasil 2017, que acontece nos dias 10, 11 e 12 de novembro no autódromo de Interlagos. Neste sábado, sob o comando do diretor-médico Dino Altmann e do diretor esportivo Alfredo Tambucci Jr, cerca de 250 integrantes dos quadros de atendimento médico, sinalização, box, resgate, combate a incêndio e comissão técnica ensaiaram todos os procedimentos para a corrida. “Tudo está bem afinado”, concluiu Alfredo Tambucci Jr.

A partir deste ano, o GP Brasil tem um novo hospital oficial, o Leforte. O centro de operações ficará na unidade da Liberdade. Para Dino Altmann, o hospital tem experiência e instalações para atender o GP da melhor forma.

A equipe médica simulou um acidente, a remoção e atendimento do piloto em um cockpit especial feito de fibra de carbono com chancela da Federação Internacional de Automobilismo que tem exatamente as medidas e condições de um cockpit de um carro de F1. Esse cockpit permite um exercício de remoção com o carro capotado.

Dino Altmann explica: “A importância do simulado é a integração das devidas equipes. Todas elas têm suas práticas ao longo do ano. Mas esta é a oportunidade de fazermos um trabalho conjunto. Por exemplo, na remoção, a equipe de resgate tem que ser a primeira a iniciar o trabalho”.

Os cuidados são essenciais. Uma luz ao lado da câmera de bordo indica se o carro está ‘energizado’. Nesse caso – luz vermelha – ninguém pode tocá-lo porque corre o risco de sofrer uma descarga elétrica de até 1000 volts por conta do ERS, o sistema de reaproveitamento de energia. Há uma chave geral no carro que, antes, deve ser acionada, cortando a corrente elétrica. Outra luz, a azul, indica que o piloto sofreu um impacto igual ou superior a 15 G e, obrigatoriamente, terá de passar pelo centro médico mesmo que não esteja sentindo nada.

O diretor institucional do Lefote, Marcelo Medeiros, seguiu toda a operação e, em seguida, acompanhou os médicos às sedes do Morumbi e Liberdade. O plantão médico do GP contará com 32 médicos de diversas especialidades e mais 120 profissionais.

O Formula 1 Grande Prêmio Heineken do Brasil 2017 acontece nos dias 10, 11 e 12 de novembro no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os ingressos para a corrida, informações e imagens 360 graus dos setores estão disponíveis no único site oficial do evento, www.gpbrasil.com.br, no Shopping Market Place, em São Paulo (av. Doutor Chucri Zaidan, 902, Vila Cordeiro), até 11 de novembro, e na bilheteria do autódromo (av. Senador Teotônio Vilela, s/n, ao lado do portão 7), de 28 de outubro a 9 de novembro, das 9h às 17h, no dia 10 de novembro, das 7h às 17h, e nos dias 11 e 12 de novembro, das 7h às 12h. Os ingressos estão sujeitos à disponibilidade. O GP Brasil também está no Instagram e Facebook: gpbrasilf1.

bannernewsracer

Parceiros

  • prime
  • astrus