voltar
Off-Road

Em clima de decisão, a prova Rally Rota SC foi acirrada neste domingo

03 Jul 2017
rota sc sabado _edson castro (9)

Com o total de 525 quilômetros de roteiro inédito e dois dias com percursos diferentes, a 6ª edição do Rally Rota SC que aconteceu pela segunda vez na cidade de Lages (SC) e passou na Coxilha Rica, além das cidades de Rio Rufino, Bom Retiro, Capão Alto, Painel e Bocaína do Sul, teve uma final de arrepiar na disputa entre as modalidades participantes do evento do off-road nacional.

As equipes de motos, quadriciclos, UTVs e carros mais constantes celebraram o resultado depois das especiais do sábado e do domingo, 1º e 02 de julho, válido para a 7ª e 8ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. A cerimônia de premiação foi realizada na praça de alimentação do Lages Garden Shopping.

Como era esperado, o frio chegou sob a região serrana de Santa Catarina, na madrugada os termômetros marcaram 2º graus negativos, e deixou a disputa do rali ainda mais desafiador. Neste domingo, 02, o segundo dia contou com uma especial mais rápida. Na primeira parte foi em estilo “WRC”, muita curva de alta, subidas e descidas, trechos travados e na parte final com pedras. Bem diferente do primeiro dia de prova que teve características de piso de cascalho, muitas pedras, travessia de rios e riachos, também com descidas e subidas e trilhas sinuosas.

rota sc domingo_edsoncastro (46)

Luiz Facco/Humberto Ribeiro (Protótipos T1), a bordo do Mitsubishi Triton Sport RS, venceram os dois dias de disputas e conquistaram o lugar mais alto do pódio para a equipe Acelera Siriema. “Andamos forte, em um ritmo bom e deu para manter a diferença de tempo que tínhamos e levar o troféu do Rota SC”, declarou o piloto.

“Estou feliz é muito gratificante. Largamos bem e em um ritmo bom. Como estávamos com uma boa vantagem do segundo colocado, por isso fomos bastante conservadores. Estávamos focados no objetivo de ganhar o Rota SC e a conquista do Brasileiro Cross Country”, comemora o navegador líder do Brasileiro Cross Country.

rota sc domingo_edsoncastro (22)

Tunico Maciel foi o grande vencedor na categoria Motos, fez o melhor tempo no primeiro dia e ficou em segundo na especial do domingo na categoria Production Aberta. “Em geral foi um ótimo rali que exigiu muita técnica dos pilotos na planilha, bom equipamento e uma atenção na planilha. Estou muito feliz com o meu desempenho e não me arrisquei em momento algum e foi um ótimo treino para os Sertões”, comemorou o piloto de Lavras (MG) que esteve no comando da Honda / CRF 450X, com o tempo de 05h16min09seg.

O multicampeão Jean Azevedo fez estreia no Rally Rota SC. “A organização fez um excelente rali, foi uma surpresa boa, o fechamento bem feito, como os horários. Com certeza essa prova do circuito tem tudo do puro cross country e é uma das melhores do país. Estou contente com o resultado que conquistei marcando pontos nos dois dias para o campeonato e pelo evento. Ano que vem espero que possamos participar novamente!”, enfatizou o piloto da Honda CRF 450X.

Denisio Casarini/Luís Felipe Eckel (Can-Am) foram os grandes campeões entre os UTVs e da categoria Pro Turbo com o tempo de 05h02min13. “Uma prova muito técnica, muito prazerosa, com certeza esse tipo é onde o piloto gosta de andar”, comentou o piloto paulista.

Nos quadriciclos quem comemorou foi Geison Belmont de Niterói/RJ, ele venceu os dois dias da competição com o Can-Am Renegade 1000, seguido de perto por Milton Martens de São Bento do Sul/SC (Can-Am), e a diferença foi de apenas 1s11. “Uma prova bem disputada, no km30 tive um problema com a planilha, precisei reorganizar e, por isso, perdi próximo de seis minutos. Porém, havia uma pequena margem e a vitória foi confirmada com a diferença bem apertada”, destacou o piloto que fechou com o tempo de 05h56min51.

rota sc domingo_edsoncastro (6)

Erick Lyn Nevels, observador da Federação Internacional de Motociclismo Latino Americana – FIM-LA, esteve em Lages (SC) para conhecer o Rally Rota SC. “Estou muito contente, quero agradecer a organização e ao André Alcântara com a possibilidade de visitar e observar o evento. Foi uma grande surpresa em poder ver as belezas da região, além de verificar que os competidores gostaram das especiais e é o melhor que um evento pode querer que é de agradar os seus inscritos. A organização preparou um excelente percurso e com muita segurança”, declarou.

Organizador do evento, André Alcântara se mostrou satisfeito com a conclusão da edição. “Estamos felizes por ter conseguido realizar uma prova técnica e receber o elogio dos competidores, parceiros e patrocinadores, pois foi uma prova bastante difícil, tínhamos tudo pronto há quase 60 dias, levantamento e autorizações, como também uma quilometragem maior, mas tivemos que refazer do zero devido uma sequência de chuvas que assolaram a região, derrubando várias pontes e modificando o trajeto”, contou.

“Então, acredito que conseguimos cumprir o nosso papel. Espero contar com a presença de todos na próxima edição que está será novamente em Lages, a qual terá muito mais novidades e atrações”, concluiu.

A 6ª edição do Rally Rota Santa Catarina é uma realização da ASCPE -Associação em Prol do Esporte. O patrocínio é da American Oil, Queijo & Cia, Pereira Publicidade Visual, JZago Center, Supermercado Martendal, JA Posto de Ensaio, Kaka Auto Show, Abreu & Garcia Vinhos de Altitude e Zanoello.

O apoio institucional é das Prefeituras Municipais de Lages, Rio Rufino, Bom Retiro, Urupema, Capão Alto, Painel e Bocaína do Sul. Além do apoio do Lages Garden Shopping, Tenco Shopping Centers, Jeep Clube Independentes, Salvamed, Amures – Associação dos Municípios a Região Serrana, Festival de Inverno da Serra Catarina, CDL Lages, FIESC-SESI, Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina e Polícia Militar de Santa Catarina. 

A supervisão é da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo, da CBA – Confederação Brasileira de Automobilismo, da FAUESC – Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina e F.C.M – Federação Catarinense de Motociclismo.

Resultado acumulado do Rally Rota SC 2017 (primeiros colocados): 

Motos

1) #3 Tunico Maciel, Production Aberta, Honda, 05h16min09

2) #1 Gregório Azevedo, Super Production, Honda, 05h19min19

3) #17 Tulio Malta, Brasil, Honda, 05h22min23

4) #2 Jean Azevedo, Super Production, Honda, 05h24min27

5) #7 Eduardo Tadashi Shiga, Production Aberta, Honda, 05h28min15 

Quadriciclos

1) #40 Geison Pinheiro Belmont, Can-Am, 05h56min51        

2) #41 Milton Martens, Can-Am, 05h56min52

3) #42 Marcio Freitas de Almeida, Can-Am, 11h42min44 

UTV

1) #105 Denísio Casarini/Luís Felipe Eckel, Can-Am, Pro Turbo, 05h02min13   
2) #106 Denisio Nascimento/Idali Bosse, Pró Turbo, Can-Am, 05h06min53

3) #101 Enrico Amarante / Álvaro Amarante, Can-Am, Pro Turbo, 05h19min04

4) #102 Leandro Torres / Lourival Roldan, Polaris, Pro Aspirado, 05h37min35

5) #123 Marco Della Giustina/Anderson Costa, Super Production, Can-Am, 05h41min14 

Carros

1) #310 Luiz Facco/Humberto Ribeiro, Acelera Siriema, Protótipo T1, 04h51min55

2) #311 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, FD Rally, Pró Brasil, 05h01min10

3) #360 Sérgio Gugelmin/Gustavo Gugelmin, Production T2, 05h10min22

4) #321 André Miranda/Alison Pedroso, Faster Rally Team, Pró-Brasil, 05h12min33

5) #359 Paulo Roberto Goes/Jhonatan Ardigo, RHBrasil, Production T2, 05h18min38

bannernewsracer

Parceiros

  • prime
  • astrus