voltar
bannernewsracer
Rally

Com três carros, CenterBus-Sambaiba é a primeira inscrita na Cascavel de Ouro

Equipe liderada por pilotos do Mercedes-Benz Challenge amplia presença na disputa pelos R$ 150 mil em prêmios oferecidos na edição de 2018


06 Fev 2018 cascavel ouro4 newsBANNER1

A CenterBus-Sambaiba, um dos principais destaques do Mercedes-Benz Challenge há várias temporadas, é a primeira equipe inscrita na 32ª edição da Cascavel de Ouro. A estrutura é liderada por três pilotos da categoria nacional e, depois da primeira participação com dois carros em 2017, amplia presença a partir da inscrição de três GM Celta para a corrida de 18 de novembro, que terá em jogo R$ 150 mil em prêmios para os pilotos.

Cada carro da equipe tem, por ora, um piloto inscrito, artifício previsto no regulamento desportivo da Cascavel de Ouro. O Celta número 6 terá o gaúcho Fernando Júnior, bicampeão do Mercedes-Benz Challenge em 2015 e 2017, como um dos pilotos. O carro 60 terá o paulista Betão Fonseca encabeçando a dupla ou trio – os demais pilotos serão anunciados nas próximas semanas. No carro número 66 estará o cearense Adriano Rabelo.

“A Cascavel de Ouro é uma prova emocionante e muito bem organizada, que hoje faz parte do nosso calendário, do nosso script”, frisa Júnior. “E tem o carinho muito grande do pessoal de Cascavel, um pessoal que gosta muito de automobilismo. A corrida está sendo divulgada no Brasil todo, cada vez mais equipes demonstram interesse. Eu diria que desta vez vamos ter ainda mais carros na disputa, talvez uns 70 ou 80”, continua o gaúcho.

Rabelo destaca a satisfação de sua confirmação no grid pelo segundo ano consecutivo. “Para mim é um privilégio participar de novo de um evento tão grandioso. Em 2017 tivemos nossa primeira participação, era um momento de pura adaptação. O carro era novo, a gente nunca tinha andado lá. Largamos entre os 25 primeiros, mas não foi legal como imaginávamos, porque tivemos problemas mecânicos logo no início”, lembra.

Fonseca e Rabelo estrearam formando dupla na Cascavel de Ouro na edição cinquentenária, em novembro. Largaram em 24º e abandonaram depois de 19 voltas. Júnior atuou em dupla com o também gaúcho Clemente Moroni. Largou em 37º e abandonou a disputa após 34 voltas. “Não fomos bem em função de fatores que vamos corrigir para este ano. Vamos com tudo, para tentar terminar a corrida com os dois carros entre os dez primeiros”, estipula.

INSCRIÇÕES E PREMIAÇÃO
A organização da Cascavel de Ouro abriu as inscrições com nove meses de antecedência, visando proporcionar aos pilotos e equipes maior prazo para a formação das parcerias necessárias. Há um desconto de R$ 1.000 na taxa de todas as inscrições efetuadas até 30 de abril – dos R$ 5.000 estipulados no regulamento, a taxa cai a R$ 4.000. Entre 1º de maio e 31 de julho o desconto será de R$ 500, com a taxa sendo reduzida a R$ 4.500.

A 32ª Cascavel de Ouro oferecerá premiação recorde de R$ 150 mil. Os vencedores receberão R$ 100 mil, havendo ainda premiação de R$ 20 mil para o segundo lugar, R$ 12 mil para o terceiro, R$ 8 mil para o quarto e R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil à dupla ou ao trio pole position. Informações a respeito das inscrições podem ser solicitadas por pilotos e equipes pelo e-mail cascaveldeouro2018@gmail.com ou pelo fone (45) 9 9937-1052.

Parceiros

  • prime
  • astrus