voltar
Truck

Boessio sacrifica treino por ajustes no caminhão e prevê evolução em Fortaleza

22 Jul 2017
boesio2

A necessidade de ajustes técnicos no equipamento limitou a participação de Régis Boessio nos treinos livres que abriram nesta sexta-feira (21) a quarta etapa da Copa Truck, em Fortaleza. O piloto gaúcho da Boessio Competições esteve na pista apenas na primeira das duas sessões realizadas no Autódromo Internacional Virgílio Távora, palco das corridas que vão definir neste domingo (23) a classificação final do minitorneio Copa Nordeste.

Boessio foi o décimo colocado no único treino de que participou, com uma volta 1s590 menos veloz que a do paulista Felipe Giaffone, o mais rápido com o Volkswagen-MAN da RM Competições. “Ficar a um segundo e meio não é ruim, considerando a configuração de motor que estávamos usando”, avaliou o piloto, que exibe eu seu caminhão Volvo o número 83 e as cores e logos de Suspentech, Rede de Postos Buffon e Magrão Auto Peças.

A equipe detectou a necessidade de modificações no equipamento. “Nós tivemos de fazer uma intervenção em alguns detalhes de unidade injetora, com isso ficamos fora do segundo treino. Também teremos de aprimorar os ajustes de suspensão, porque a pista tem muita ondulação e o caminhão ainda pula muito. Ajustando isso, vamos conseguir um ritmo bem melhor”, aposta. “Vamos ter condição de pôr o caminhão entre os oito primeiros no grid”.

A programação da quarta etapa da Copa Truck na pista de Fortaleza terá sequência neste sábado, com um treino livre a partir das 9h. A tomada de tempos que vai definir as posições de largada terá início às 12h10. As corridas de domingo terão largada às 11h05 e às 11h45, com transmissão ao vivo na programação dos canais SporTV – a geração de imagens será da paranaense Master/CATVE.

bannernewsracer

Parceiros

  • prime
  • astrus