voltar
bannernewsracer
Off-Road

Alegria, adrenalina e competitividade na decisão da Copa SC Racing

A etapa mais aguardada deste fim de ano... No último sábado, 01, pilotos e navegadores definiram na Grande Florianópolis os grandes campeões da temporada 2018 da Copa SC Racing


05 Dez 2018 351726_847834__copasc0016 newsBANNER1

Um campeonato diferenciado… A Copa SC Racing é mais do que uma disputa de rali de regularidade; é o encontro entre amigos que tem uma paixão em comum: o off-road. Dentro das trilhas, a rivalidade… Cada dupla exerce um papel fundamental para o crescimento do esporte e, com muito profissionalismo e dedicação, luta pelo título do evento! Do lado de fora, uma reunião marcada pela alegria e companheirismo, onde todos se ajudam na troca de conselhos e experiências.

E neste clima marcado pela competição e amizade, a Copa SC Racing chegou à etapa final, realizada na Grande Florianópolis, no dia 01 de dezembro. O grid foi formado por duplas catarinenses, gaúchas, paranaenses e paulistas, que aceleraram por 184 quilômetros, sendo 95 quilômetros cronometrados. A concentração e largada aconteceram na concessionária Troller Trilha SC.

A Copa SC Racing abre as portas para todos os perfis de off-roaders. É uma escola para quem deseja se aventurar no mundo do fora-de-estrada, por isso, nove categorias estão à disposição: Máster, Graduados, Turismo, Cidade, Pais e Filhos e Novatos 4×4 e, para quem não tem um veículo com tração nas quatro rodas, tem as categorias para os veículos convencionais de rua (4×2): Família, Novatos e Graduados.

Além das maiores feras do rali de regularidade estarem juntas nesta etapa (deixando a disputa ainda mais bonita e acirrada), o evento também recebeu muitas duplas que tiveram contato com o esporte pela primeira vez. E para entrosar e preparar essas pessoas, uma aula sobre navegação foi realizada pelo diretor de prova, Alexandre Rech.

351726_847836__copasc0026

Choveu na sexta-feira que antecedeu a competição, o que deu aquele “toque especial” ao rali: poças de águas, lama e trechos lisos elevaram a adrenalina dos competidores, sobretudo, nas áreas onde havia os laços e pegadinhas. Nas curvas, os pilotos precisaram ter muita técnica e controle do carro, pois o pneu patinava bastante. “Tivemos percurso em linha, que privilegiou quatro pistas utilizadas para a prática do Velocross e Motocross, exigindo 100% de concentração e habilidade dos competidores. Na parte final do trajeto, um pequeno trial com estradas bem apertadas em um reflorestamento de eucalipto. Foi um rali bem ‘temperado’, com os ingredientes que pilotos e navegadores adoram”, contou Rech.

E ao final da disputa, não faltaram elogios a organização da Copa SC Racing. “Parabenizo muito a equipe da SC Racing, principalmente por essa etapa final. Prova muito bem desenhada, com laços inteligentes, trilhas TOP e médias de velocidade bem justas, que nos mantiveram conectados o tempo inteiro. Não podia distrair”, declarou o navegador Tiago Poisl, que completou. “Evento completo, com uma recepção excepcional na concessionária Trilha SC e um fechamento com chave de ouro. Já estou muito ansioso pela Copa 2019. Encerramos o campeonato com um dos grids mais competitivos do Brasil”.

Para definir os campeões, é preciso definir a etapa

Largada autorizada… Pilotos e navegadores concentrados, de olho na planilha, no hodometro e, claro, na trilha! Neste momento, é hora de fazer bonito e todos querem subir no pódio… Então, que vença o melhor. Tão embora em algumas categorias os vencedores da Copa SC Racing já estivessem praticamente definidos, nada ainda estava garantido; portanto, tensão e adrenalina no modo “hard”.

351726_847837_copasc0005

Após seis horas de rali, os vencedores na Máster foram Gustavo Schmidt e Tiago Poisl, com 32 pontos. Logo atrás, com 30 pontos vieram Hamilton dos Santos Medeiros e Marcos Maia Panstein. Em terceiro lugar, ficaram Acyr Hideki Rodrigues da Silva e Michael da Silveira Masson, com 26 pontos.

Na Graduados, o primeiro lugar foi conquistado por Marcelo Prevideli e Rafael Augusto Avelar e Pintos, com 34 pontos. Eles foram seguidos por Helio Ziehmann e Luiz Zanotti, que empataram com 28 pontos com a dupla Lauro Juarez Franco Gomes e André Luiz Lenfer.

Na Turismo, os 34 pontos obtidos por Sergio Antonio Cruz Maurano e Adriana Maurano, levaram o casal de ralizeiros ao topo do pódio. Na segunda posição, com 30 pontos, vieram Julio Schlindwein Júnior e Leonardo Agustinho de Melo, e na terceira colocação Altair Maziero e Kassiano Kerber, com 24 pontos.

Pódio Campeonato Turismo (Crédito Divulgação-Rodrigo Phillips)

Na categoria com maior número de participantes, a Novatos 4×4, também foi a mais acirrada. Pai e filho, Carlos Alberto Volpato e Carlos Alberto Volpato Filho, venceram com 32 pontos, mas eles estiveram empatados com Giovani Rodrigues Modolon e Fábio Augusto Conte. Em terceiro lugar, com 23 pontos, ficaram Rodrigo Koegler e Daniel Rodrigo Muller.

Entre os off-roaders da categoria Pais e Filhos, comemoração de José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade, com 34 pontos. Eles foram seguidos por Osmar Fleischmann e Vitor Fleischmann, e Ricardo Hoffmann e Guilherme dos Santos Hoffmann, que empataram com 28 pontos.

Pódio Campeonato Graduados (Crédito Divulgação-Rodrigo Phillips)

E por fim, na categoria Universitário Novatos, vitória com 32 pontos de Ramona Katcheika Paloschi e Alessandro Barreiros Maurici. Na segunda posição vieram Moacir José Cunhago e Aline Klug (30 pontos), e na sequência Marcelo Cardoso e Kamila Solange Cardoso (28 pontos).

Hora de gritar: é campeão! 

Explica-se: no rali de regularidade, pilotos e navegadores pontuam separadamente e, em virtude da ausência de um integrante em algumas das etapas, existem situações em que a dupla não contabiliza o mesmo saldo e, portanto, ocupa posições diferentes.

Um ano memorável para Gustavo Schmidt, que nesta temporada trocou o banco de navegador para assumir a função de piloto nas disputas de rali de regularidade. Após muitas conquistas como navegador de seu pai, Oscar Schmidt, ele agora traça os caminhos da própria carreira, e já conquistou o título da Copa SC Racing pela categoria Máster. “Sensação maravilhosa de dever cumprido, principalmente pelo encerramento ter sido em casa, em nosso Jeep Clube de Florianópolis. O ano de 2019 será um ano de muito planejamento, com metas audaciosas, e estou me preparando para isso”, comemorou.

E entre os navegadores da categoria, o melhor pontuado foi Rafain Walendowsky. “Incrível a construção da Copa SC Racing ao longo deste ano. Provas perfeitas, bem planejadas e sempre parelhas. Fico feliz e honrado em ser campeão de um evento tão bem conceituado como este”, pontou Walendowsky.

Na categoria Graduados, um jovem de 62 anos esteve determinado a conquistar esse título desde o início. O piloto Lauro Juarez Franco Gomes foi campeão e agradeceu aos navegadores que contribuíram com ele para esse feito. “Esse ano foi especial e mostrou que não precisa ser jovem para atingir grandes conquistas, pois mesmo tendo 62 anos, encerrei a temporada 2018 com três títulos muito importantes: Copa SC Racing, vice-campeão da Copa Scherer e vice-campeão do Campeonato Catarinense. Quero deixar registrado que a Copa SC Racing continue em 2019, ela é especial para nós”, salientou. O navegador campeão foi Tiago Poisl que, mesmo migrado de categoria nesta última etapa, garantiu o primeiro lugar da Graduados devido a larga vantagem que adquiriu para os adversários. 

Na Turismo, a dupla que fechou com ouro no peito foi Julio Schlindwein Júnior e Leonardo Agustinho de Melo. “A prova desta etapa final estava sensacional. A organização está de parabéns pelo ótimo campeonato que fez. Estamos contentes com este título, que foi conquistado na casa do meu navegador”, falou Schlindwein (o Kuka). 

Na categoria Novatos 4×4, Carlos Alberto Volpato e Carlos Alberto Volpato Filho, pai e filho, respectivamente, foram os campeões. “As etapas do campeonato foram todas bem levantadas e desenhas, com uma decisão de título bem longa, exigindo ter bastante concentração para não errar. Eu e o Betinho queríamos demais essa taça e Graças a Deus conquistamos. Subir no primeiro lugar do pódio não tem preço. Que venha 2019”, comemorou o piloto.

Na categoria Pais e Filhos, José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade vibraram com a vitória.

Na Universitário Novatos, o casal Moacir José Cunhago e Aline Klug foram os melhores. “Cada etapa foi única… Um desafio e aprendizado para nós; e a prova de Florianópolis foi muito emocionante e desafiadora. E nós ficávamos cada vez mais motivados, não só pelo gosto com o esporte, mas pelos amigos que fizemos. Estamos felizes por nos sagrarmos campões da nossa categoria, e estamos ansiosos para a Copa 2019”, empolgou-se Cunhago.

A SC Racing encerra mais um ano de competições e agradece a confiança dos patrocinadores e competidores que tornaram possível mais um ano de trabalho. O lema é: proporcionar etapas de alto nível técnico (sempre inovando) e entregar diversão aos off-roaders.

A SC Racing tem patrocínio de Floripa Textil, Concessionária Trilha SC, SFI Chips. Apoio de Gatos & Atos, Lavanderia Lave Bem e Grupo Gratt  Realização: SC Racing

Supervisão: FAUESC